Google+ Followers

sábado, dezembro 04, 2010

Polícia Civil prende estuprador de Imbituva

O homem que estuprou e decapitou no dia 18, última quinta-feira uma adolescente de 13 anos na localidade de Aterrado Alto, Imbituva, foi preso pela Polícia Civil na noite de segunda-feira. O autor do crime foi identificado como José Moacir Ferraz, 38 anos, conhecido como Zeco. Trata-se de um indivíduo que se encontrava foragido do sistema prisional


O homem que estuprou e decapitou no dia 18, última quinta-feira uma adolescente de 13 anos na localidade de Aterrado Alto, Imbituva, foi preso pela Polícia Civil na noite de segunda-feira. O criminoso foi encontrado em uma casa na Vila Miraluz. Familiares da vítima logo ficaram sabendo do fato e correram à delegacia de polícia com o fim de linchar o estuprador homicida. A autoridade policial imediatamente removeu o preso à 13ª Subdivisão Policial. Por volta das 23 horas, José Moacir, sob forte escolta policial, foi levado à Cadeia Pública Hildebrando de Souza. O autor do crime foi identificado como José Moacir Ferraz, 38 anos, conhecido como Zeco. Trata-se de um indivíduo que se encontrava foragido do sistema prisional. Ele cumpria pena por homicídio no regime semi-aberto. Em uma saída para visitar familiares, no mês de março, não mais retornou. Ao ser interrogado ele declarou que estava em Aterrado Alto à procura de um veículo para fugir para outro município. Aí, viu a menina e a arrastou para o matagal.


As investigações da equipe revelaram que José Moacir era estranho aos moradores de Aterrado Alto, por isso chamou a atenção. Ele foi visto entrando na casa da menina e saindo com ela na quinta-feira. Durante as diligências, as testemunhas informaram aos policiais sobre a presença do desconhecido. Na delegacia, José Moacir foi reconhecido através de fotografia. “Nós mostramos fotografias dos homens que foram indiciados em inquérito por estupro. Sem qualquer dúvida, as testemunhas o indicaram (José Moacir). Com a notícia de que ele estaria na cidade, os policiais passaram a procurá-lo, até descobrirem que há dois meses ele havia se amigado com uma viúva de prenome Joana. Na segunda-feira, por volta das 17 horas, procuraram a mulher, mas encontraram a casa fechada. Resolveram entrar e localizaram José Moacir sob a cama. Joana não foi encontrada ainda.



Fonte:
Delegacia de Imbituva




7 comentários:

  1. monstro,deveriam de picar ele pouco a pouco,matar aos pouquinhos,pra ele sofrer o começo que ela sofreu nas mãos dele,monstrooooooo

    ResponderExcluir
  2. filho da merda de um esterco porco mostro tirar a vida de uma jovem seu filho da puta morfetico

    ResponderExcluir
  3. quando ele matou um outro cara no matobranco. eu era vizinho dos dois. ele era muito ladrao ai foi roubar na casa da vitima, e a vitima seguro ele p mulher bater . no outro dia ele queria comprar uma arma de um amigo meu. mas ele nao quiz vende, ai no dia seguinte conseguiu roubar uma arma e foi matar o rapaz... ele sempre foi um vagabundo ladrao. mas o dele ta guardado.

    ResponderExcluir
  4. deveria existir a pena de morte no Brasil, para monstros como esse. deveria morrer aos pouquinhos pra sofrer muito.

    ResponderExcluir