quarta-feira, fevereiro 29, 2012

Francisco Beltrão: Adolescente é agredido

Créditos da Foto: Evandro Artuzi - NP Sudoeste 

O que era pra ser um local de estudo e de novas amizades, tornou-se um pesadelo para um adolescente de 14 anos, em Francisco Beltrão. Há poucos mais de 15 dias freqüentando uma escola no Bairro Industrial o adolescente foi vítima de agressão.

Os autores são também adolescentes que freqüentam a mesma escola. O jovem foi agredido violentamente no rosto e na cabeça, com socos, chutes e golpes de madeira e soqueiras.

Segundo a mãe da vítima, a agressão aconteceu na segunda-feira (27/02), no momento em que seu filho retornava para casa, há poucos metros da escola. Os agressores o atacaram e só pararam por que alguns homens que trabalhavam numa obra interferiram.

A vítima foi socorrida e levada ao hospital, onde recebeu atendimento. A causa teria sido a atenção despertada nas meninas da escola pela vítima, que começou freqüentar o local esse ano. Com medo e com vergonha o adolescente não quer mais sair de casa e tem vergonha de mostrar os ferimentos até mesmo pra família.

Nesta terça-feira (28/02), a família procurou um policial do Batalhão de Patrulha Escolar (BPEC) e os autores da agressão foram identificados. O caso foi repassado à Polícia Civil que deve ouvir a vítima e os agressores nos próximos dias. A mãe revoltada espera que todos sejam responsabilizados.

Em entrevista a Onda Sul FM, nesta quarta-feira, ela desabafou. Contou que um médico especialista buço-facial foi contratado para acompanhar o caso devido às lesões provocadas no rosto de seu filho.

O menino deve voltar a estudar, mas em outra escola afirmou a mãe. Segundo a polícia, os agressores já se envolveram em outras situações, mas por se tratarem de menores não foram punidos. Ouça entrevista com a mãe da vitima...


2 comentários:

  1. mais a briga da proxima vez nao apanhe

    ResponderExcluir
  2. hoje em dia o vandalismo anda em todo canto

    ResponderExcluir