Google+ Followers

terça-feira, outubro 23, 2012

Operação da PF prende 17 pessoas por tráfico

Edilene Santos-Diário dos Campos

A Polícia Federal concluiu ontem a Operação Nova Era, deflagrada em Ponta Grossa e região há três meses. Nesta segunda-feira, foram cumpridos oito mandados de prisão e cinco mandados de busca e apreensão. De acordo com o delegado Jonathan Trevisan Junior, durante as investigações, foram apreendidos 104 quilos de maconha, 5,5 quilos de crack, meio quilo de haxixe, dois carros, cinco motos, três balanças eletrônicas, R$ 4,5 mil em dinheiro, arma e munições. Foram lavrados oito flagrantes e, ao todo, 17 pessoas – sendo cinco menores de 18 anos – acabaram presas.
Nesta segunda-feira, a Operação colocou mais duas pessoas atrás das grades. Os outros mandados de prisão eram contra envolvidos que já estão detidos na Cadeia Pública Hildebrando de Souza. “Cumprimos os mandados hoje por que a partir de amanhã [hoje], com o processo eleitoral, haverá restrições quanto a prisões”, diz o delegado.
Segundo Jonathan, a quadrilha era comandada de dentro do presídio. O preso apontado como líder do bando foi identificado e os suspeitos estão sendo denunciados pelo Ministério Público pelo crime de tráfico de drogas.
De acordo com a autoridade, a operação já poderia ter sido concluída não fosse a greve de agentes, que durou cerca de dois meses. “Com a volta ao trabalho, retomamos a operação”, afirma Jonathan.
Sobre o nome dado à operação – Nova Era –, o delegado explica que significa um novo tempo em Ponta Grossa. “Esta é a segunda grande operação deflagrada desde que a PF foi implantada. A primeira foi batizada de Presença e agora vem uma nova era para o tráfico. Não digo que vamos erradicar as drogas, mas vamos diminuir sensivelmente o tráfico”, garante, destacando o apoio da Polícia Militar em várias das ações realizadas pela PF.
Retrospecto
A primeira apreensão de drogas feita na Operação Nova Era aconteceu no dia 4 de julho, em que foram apreendidos aproximadamente um quilo de maconha, meio quilo de crack, um revólver e munições. Três pessoas foram presas.
Cinco dias depois, uma nova ação resultou no recolhimento de 1,5 quilo de crack, duas balanças, munições e celulares.
No dia 23 de julho, um adolescente foi detido com cinco quilos de maconha e 300 gramas de crack. Em 6 de agosto, três menores foram apreendidos com 200 gramas de entorpecente. No dia seguinte, a PF recolheu mais dois quilos com um rapaz na rodoviária. Em 15 de agosto, foram apreendidos 63 quilos de maconha.
A ação também se estendeu a Castro, onde a polícia pegou 35 quilos da droga.
Os nomes dos suspeitos não foram divulgados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário